fbpx

Não basta ser bom, é preciso ser diferente. Conheça nossos produtos

Linha ASTM A325 Fixadores Estruturais Sextavados ASTM A325 – TIPO 1

Fixadores de alta resistência, empregados em ligações parafusadas estruturais e indicados em montagens de maior responsabilidade. Fabricados em aço de alta resistência e tratados termicamente, os parafusos ASTM A325 também são diferentes dos parafusos comuns por terem um tamanho maior da cabeça sextavada, denominada “pesada”, e o comprimento de rosca menor. As porcas são compatíveis também com chave sextavada pesada, conforme norma ASTM A194 Grau 2, e as arruelas seguem a norma ASTM F436 Tipo 1.

Benefícios

  • Confiabilidade quanto às propriedades mecânicas, produto normalizado
  • Produtos identificados com marcação normalizada
  • Maior confiabilidade em comparação a uniões soldadas, por possuirem resistência conhecida
  • Dispensa necessidade de solda em diversas situações
  • Possibilidade de desmontagem e remontagem

Principais Aplicações

  • Estruturas de coberturas convencionais (sheds, pórticos, arcos, fink, etc).
  • Estruturas de coberturas espaciais (malha em perfis tubulares e laminados).
  • Galpões industriais e comerciais.
  • Prédios de estrutura metálica.
  • Mezaninos e plataformas.Pipe-rack.
  • Caminhos de rolamento e pontes rolantes.
  • Passarelas e pontes

Fixadores de alta resistência, empregados em ligações parafusadas estruturais e indicados em montagens de maior responsabilidade. Fabricados em aço de alta resistência e tratados termicamente, os parafusos ASTM A325 também são diferentes dos parafusos comuns por terem um tamanho maior da cabeça sextavada, denominada “pesada”, e o comprimento de rosca menor. As porcas são compatíveis também com chave sextavada pesada, conforme norma ASTM A194 Grau 2, e as arruelas seguem a norma ASTM F436 Tipo 1.

PORCA SEXTAVADA PESADA ASTM A194 GRAU 2H

DESCRIÇÃO UM QUANTIDADE POR EMBALAGEM (PÇ)
CALÇO TELHA TRAPEZOIDAL – 40MM SP 50
CALCO TELHA ONDULADA – 17MM SP 50

 

ARRUELA LISA ASTM F436 TIPO 1

DIÂMETRO EMBALAGEM (PÇ)
1/2” 1000
5/8” 1000
3/4” 500
7/8” 500
1” 200

 

PARAFUSO ESTRUTURAL SEXTAVADO PESADO ASTM A325 TIPO 1

DIÂMETRO 1/2” 5/8” 3/4” 7/8” 1”
ROSCA (F.P.P.) 13 UNC 11 UNC 10 UNC 9 UNC 8 UNC
CHAVE 7/8” 1.1/16” 1.1/4” 1.7/16” 1.5/8”
COMPRIMENTO
MÍNIMO DE ROSCA
1.1/4” 1.1/2” 1.1/2” 2” 2.1/4”
COMPRIMENTO
TOTAL
TIPO DE
ROSCA
EMB. (PÇ) TIPO DE
ROSCA
EMB. (PÇ) TIPO DE
ROSCA
EMB. (PÇ) TIPO DE
ROSCA
EMB. (PÇ) TIPO DE
ROSCA
EMB. (PÇ)
1.1/4” TOTAL 500* TOTAL 250* TOTAL 150*
1.1/2” PARCIAL 400* TOTAL 250* TOTAL 150*
1.3/4” PARCIAL 400* PARCIAL 250* PARCIAL 150* TOTAL 100*
2” PARCIAL 300* PARCIAL 200* PARCIAL 150* TOTAL 100* TOTAL 50
2.1/4” PARCIAL 300* PARCIAL 200* PARCIAL 100* PARCIAL 100* TOTAL 50
2.1/2” PARCIAL 300* PARCIAL 200* PARCIAL 100* PARCIAL 50* PARCIAL 50
2.3/4” PARCIAL 300* PARCIAL 150* PARCIAL 100* PARCIAL 50* PARCIAL 50
3” PARCIAL 250* PARCIAL 150* PARCIAL 100* PARCIAL 50* PARCIAL 50
3.1/4” PARCIAL 150* PARCIAL 100* PARCIAL 50* PARCIAL 50
3.1/2” PARCIAL 150* PARCIAL 100* PARCIAL 50* PARCIAL 50
3.3/4” PARCIAL 150* PARCIAL 100* PARCIAL 50* PARCIAL 50
4” PARCIAL 100* PARCIAL 50* PARCIAL 50* PARCIAL 50
4.1/4” PARCIAL 50* PARCIAL 50
4.1/2” PARCIAL 50* PARCIAL 25
4.3/4” PARCIAL 25
5” PARCIAL 25

*Todos os itens são fornecidos com revestimento zincado a fogo ou zincado branco, nas quantidades informadas nas tabelas unitariamente. 

 

COMPOSIÇÃO:

Material: Aço médio carbono com têmpera e revenido

ACABAMENTO ESPESSURA DA CAMADA RESISTÊNCIA À CORROSÃO
SALT-SPRAY¹ KESTERNICH²
ZINCADO A FOGO 50 MICRA N/A³ N/A³
ZINCADO BRANCO 5 MICRA 48 HORAS N/A³

1 – Normas ASTM B117, ABNT NBR 8094 e DIN 50021 (corrosão vermelha).
2 – Norma DIN 50018 (admitindo 15% de corrosão vermelha na cabeça do parafuso).
3 – Teste não aplicável. A linha ASTM A325 segue, como Parâmetro de aperto, a tabela 16 da ABNT NBR 8800.

Segundo a NBR 8800:2008, o controle do aperto dos parafusos pode ser feito mediante três processos:

1 – Aperto pelo método da rotação da porca: Neste método, para aplicar a força de protensão mínima especificada na Tabela 15 da NBR 8800:2008, deve haver número suficiente de parafusos na condição de pré-torque, de forma a garantir que as partes estejam em pleno contato. Define-se condição de pré-torque como o aperto obtido após poucos impactos aplicados por uma chave de impacto ou pelo esforço máximo aplicado por uma pessoa usando uma chave normal. Após essa operação inicial, devem ser colocados parafusos nos furos restantes e em seguida também levados à condição de pré-torque. A seguir, todos os parafusos recebem um aperto adicional por meio da rotação aplicável da porca, como indicado na Tabela 1. Tanto o aperto adicional quanto o torque final devem iniciar-se pela parte mais rígida da ligação e prosseguir em direção às bordas livres. Durante essa operação, a parte oposta àquela em que se aplica a rotação não pode girar.

2 – Aperto com chave calibrada ou chave manual com torquímetro: Não existe uma relação geral entre força de protensão em parafusos e torque aplicado durante o aperto da porca, devido a vários fatores, incluindo as condições de atrito nas superfícies com movimento relativo. Não podem ser usadas tabelas de torque baseadas em experiências passadas ou fornecidas em literatura técnica.
Tais chaves devem ser reguladas para fornecer uma protensão mínima 5% superior à protensão dada na Tabela 15 da NBR 8800:2008 e reproduzida no folder em ’’propriedades mecânicas’’. As chaves devem ser calibradas pelo menos uma vez por dia de trabalho, para cada diâmetro de parafuso a instalar e devem ser recalibradas quando forem feitas mudanças significativas no equipamento ou quando for notada uma diferença significativa nas condições de cada superfície dos parafusos, porcas e arruelas. Para demais condições vide item 6.7.4.4.2 da NBR 8800:2008.

3 – Aperto pelo uso de um indicador direto de tração: É permitido apertar parafusos pelo uso de um indicador direto de tração, desde que fique demonstrado, por um método preciso de medida direta, que o parafuso ficou sujeito à força mínima de protensão estabelecida na Tabela 15 da NBR 8800:2008 e reproduzida no folder em ’’propriedades mecânicas’’.

Perguntas sobre este item
x

Solicitar orçamento para